Como elaborar projetos sociais para editais

Como elaborar um projeto social de sucesso e aumentar as chances de aprovação?

Os projetos sociais desempenham um papel crucial na transformação e melhoria de comunidades, abordando questões sociais e promovendo o bem-estar coletivo. Quando bem estruturados, esses projetos têm o potencial de conquistar o suporte de diferentes instituições por meio de editais. 

Neste artigo, você vai entender o que é um projeto social, a importância dos projetos sociais na sociedade e estratégias eficazes para captar recursos por meio de editais.

O que é um projeto social

Um projeto social é uma iniciativa planejada e executada para abordar questões sociais específicas e promover mudanças positivas em uma comunidade.

Esses projetos visam melhorar a qualidade de vida das pessoas, fornecendo soluções para desafios como educação precária, falta de acesso a serviços de saúde, desigualdades sociais, entre outros. 

Eles podem ser conduzidos por organizações da sociedade civil (OSCs) ou organizações não governamentais (ONGs), como ainda é dito por muitas pessoas.

Qual a importância dos projetos sociais

A importância dos projetos sociais é vasta e abrange diversos aspectos da sociedade. Essas iniciativas têm o poder de promover inclusão, reduzir desigualdades, oferecer oportunidades educacionais, fomentar o desenvolvimento social e muito mais. 

Além disso, os projetos sociais são fundamentais para criar um ambiente mais equitativo e justo, contribuindo para a construção de uma sociedade mais consciente e solidária.

Passo a passo de como elaborar um projeto social

Elaborar um projeto social para editais é um processo que embora seja simples, demanda atenção aos critérios e regras estabelecidos. Pensando nisso, elaboramos um passo a passo básico para facilitar a elaboração de um projeto e garantir que ele seja aprovado: 

1.  Critérios de Seleção do Edital:

  • Antes de começar a elaborar seu projeto, é fundamental compreender os critérios estabelecidos pelo edital. Certifique-se de que sua proposta atenda a todos os requisitos para aumentar suas chances de aprovação.

2. Definição do Problema:

  • Identifique claramente o problema que seu projeto pretende resolver. Seja específico e conciso na descrição, destacando a relevância e urgência da questão.

3. Objetivos Claros:

  • Estabeleça objetivos mensuráveis e realistas para o projeto. Pergunte a si mesmo o que você espera alcançar e como isso beneficiará a comunidade.

4. Público-Alvo:

  • Descreva o público-alvo do seu projeto, indicando quem será diretamente beneficiado. Isso ajuda a contextualizar a necessidade do projeto.

5. Metodologia:

  • Explique de forma simples como o projeto será executado. Divida as atividades em etapas, destacando os recursos necessários, como equipe, materiais e espaço.

6. Orçamento Detalhado:

  • Elabore um orçamento claro e detalhado. Liste os custos previstos, justificando cada despesa. Isso ajuda a mostrar a viabilidade financeira do projeto.

7. Resultados Esperados:

  • Descreva os resultados que você espera alcançar. Seja realista e específico ao indicar os impactos positivos que o projeto terá na comunidade.

8. Parcerias e Apoios:

  • Caso haja parcerias ou apoios previstos, mencione de forma sucinta. Destaque como essas colaborações fortalecerão o projeto.

9. Cronograma:

  • Apresente um cronograma claro, mostrando as fases do projeto e os prazos para sua implementação. Isso ajuda a organizar as atividades de maneira eficiente.

10. Justificativa:

  • Finalize o projeto com uma justificativa sólida. Explique por que seu projeto é relevante, como ele atende às demandas do edital e por que merece ser selecionado.

3 dicas de como elaborar um projeto social de sucesso

  1. Faça uma revisão: lembre-se de revisar o projeto para garantir clareza e coesão. Ao manter as informações simples e diretas, você facilita a compreensão e aumenta suas chances de sucesso na seleção do edital. Peça a colegas ou especialistas para revisarem e fornecerem um feedback.
  2. Parcerias Estratégicas: Se possível, mencione parcerias com outras organizações ou instituições. Isso pode fortalecer seu projeto e demonstrar uma abordagem colaborativa.
  3. Adapte-se à Linguagem do Edital: Utilize a mesma linguagem e terminologia usadas no edital. Isso demonstra alinhamento com as expectativas da instituição financiadora.

Como aumentar as chances de aprovação do projeto?

Analisamos dados de mais de 42 empresas que lançaram e monitoraram editais na plataforma da Bússola Social, com o objetivo de entender o que os investidores buscam. Nossa análise abrangeu os principais editais lançados na Bússola Social a partir de 2018, totalizando 144 editais públicos registrados em nome de 42 investidores.

Destacamos quatro características essenciais identificadas por meio de análises qualitativas que são determinantes no processo de avaliação de projetos:

  • Alinhamento com a causa ou negócio: as empresas buscam projetos que estejam alinhados com sua missão, objetivos e metas, tanto no âmbito dos negócios quanto na sociedade. O diálogo efetivo com a causa da empresa, a capacidade de divulgação e o potencial de engajamento interno são critérios fundamentais. Antes de submeter um projeto, é crucial entender se a causa dialoga com o segmento da empresa e se ela pode promover o projeto.
  • Experiência e capacidade operacional da organização: o histórico da ONG é bastante relevante, pois transmite confiança à empresa investidora. A análise inclui a verificação de projetos anteriores, parcerias existentes, competência da equipe e uma gestão planejada e documentada. Por isso, destacar a experiência da ONG, seus parceiros e a qualidade da equipe desde a introdução do projeto é indispensável.
  • Desenvolvimento comunitário e sustentabilidade do projeto: a empresa avalia como o projeto continuará após o apoio e seu impacto a longo prazo. A participação da comunidade, a replicabilidade em diferentes contextos e o alinhamento com Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são considerações cruciais. Então, lembre-se que detalhar o público-alvo, demonstrar o impacto na comunidade e associar o projeto aos ODS da ONU fortalece sua proposta.
  • Capacidade de gerar e demonstrar resultados: a capacidade da ONG em gerar e apresentar resultados é determinante para uma avaliação positiva. Isso inclui demonstrar indicadores de impacto e dos resultados alcançados.

Essas características são elementos-chave que devem ser cuidadosamente abordados durante a elaboração e apresentação de projetos, proporcionando uma visão abrangente e confiável da proposta da ONG.

Como gerenciar um projeto social com a plataforma da Bússola Social

A Bússola Social oferece uma solução que simplifica o gerenciamento de projetos sociais e o monitoramento de indicadores. Com funcionalidades que facilitam a centralização de informações, o acompanhamento da evolução do projeto e a prestação de contas. 

Quer saber mais sobre como a Bússola Social atua para maximizar os resultados de projetos sociais? Entre em contato conosco!