Seleção de projetos sociais: como realizar através de um edital

Um edital de seleção de projeto é a ferramenta ideal para empresas que desejam realizar investimentos sociais e apoiar projetos. Neste artigo, você vai aprender qual o passo a passo para lançar um edital e como a plataforma da Bússola Social pode contribuir para garantir que esse processo seja bem sucedido. 

Qual a finalidade de um edital de seleção de projetos sociais?

A finalidade fundamental de um edital de seleção de projetos sociais é criar uma ponte entre empresas e organizações sociais, permitindo que recursos sejam direcionados para iniciativas alinhadas com os valores e objetivos da empresa. 

Além disso, um edital busca  orientar, dar transparência e segurança para os inscritos sobre os critérios de avaliação e seleção de projetos.

Por que a sua empresa deve apoiar projetos sociais?

A responsabilidade social corporativa vai além do lucro financeiro. Apoiar projetos sociais não só contribui para o bem-estar da sociedade, mas também gera benefícios para a empresa. 

Essa prática constrói uma imagem positiva, atrai consumidores engajados e fortalece a lealdade do público. Além disso, o investimento social cria um ambiente propício para o crescimento sustentável do negócio.

Passo a passo para criar um edital de seleção

1. Elabore o regulamento

O regulamento é um guia abrangente que define as expectativas da empresa patrocinadora, áreas de foco do edital e regras para apresentação de propostas. Um regulamento bem elaborado garante transparência, alinhamento com os valores da empresa e segurança para ambas as partes.

Boas práticas no regulamento:

  • Linguagem clara e acessível
  • Objetivos claros e mensuráveis
  • Critérios de avaliação explícitos
  • Canal de comunicação aberto
  • Prazos realistas

2. Crie uma página pública para o edital

Uma página pública dedicada ao edital é essencial para proporcionar transparência e visibilidade às oportunidades de investimento social. Nesse espaço, empresas podem compartilhar detalhes cruciais sobre o edital, diretrizes, e oferecer uma plataforma acessível para organizações sociais apresentarem propostas.

Informações essenciais na página pública:

  • Imagem/foto de fundo
  • Logomarca da empresa
  • Nome do edital
  • Informações sobre a empresa
  • Contato (email e números de telefone)
  • Fonte do recurso (próprio ou de incentivo fiscal)
  • Valor total disponível
  • Modalidade da parceria (escolha direta ou seleção pública)
  • Critérios de participação
  • Cronograma

3. Disponibilize um formulário de inscrição

O formulário de inscrição é um documento estruturado para coletar informações essenciais sobre organizações interessadas. Este deve incluir dados básicos, descrição do projeto, plano de ação, orçamento, entre outros elementos pertinentes à avaliação.

Campos importantes no formulário:

  • Dados da organização
  • Descrição do projeto
  • Plano de ação
  • Orçamento

4. Selecione os projetos

Durante a fase de seleção, é crucial seguir critérios claros e objetivos estabelecidos no regulamento. A avaliação deve ser imparcial, conduzida por um comitê qualificado, e a comunicação eficiente com as organizações proponentes é fundamental para esclarecer dúvidas.

Etapas do Fluxo de Seleção:

  • Análise Documental
  • Análise Técnica
  • Análise do Comitê
  • Análise da Diretoria

Como selecionar projetos através das Leis de Incentivo

Uma empresa pode usar as leis de incentivo no Brasil como uma estratégia eficaz para apoiar projetos sociais, culturais, esportivos, ambientais e científicos. 

As leis de incentivo oferecem mecanismos legais que permitem às empresas direcionarem parte de seus impostos para projetos específicos, contribuindo assim para o desenvolvimento de atividades de interesse público.

  1. Identificação das Leis de Incentivo adequadas: pesquise e identifique as leis de incentivo disponíveis que melhor se alinham aos objetivos da empresa e aos tipos de projetos que deseja apoiar. No Brasil, existem diversas leis, como a Lei Rouanet (cultura), Lei do Esporte, Lei do Audiovisual, entre outras.
  2. Cálculo do incentivo fiscal: sua empresa deve calcular o valor do incentivo fiscal que a empresa poderá destinar aos projetos escolhidos. O cálculo geralmente envolve a aplicação de uma porcentagem sobre o valor do imposto devido.
  3. Planejamento orçamentário: elaborar um planejamento orçamentário considerando o montante que será destinado aos projetos por meio dos incentivos fiscais. É essencial garantir que a empresa tenha a capacidade financeira de cumprir com os compromissos assumidos.

Como a Bússola Social ajuda a sua empresa a lançar um edital de seleção de projetos

1. Publicação do edital: as empresas investidoras recebem suporte de uma assessoria especializada, orientando-as em todas as etapas do processo e ensinando como utilizar a plataforma de maneira eficaz. Além disso, a plataforma permite a criação de uma página pública personalizada para o edital, garantindo uma identidade visual única. Isso facilita a divulgação do edital e atrai propostas alinhadas aos valores da empresa investidora.

2. Inscrição de projetos: as instituições proponentes podem se cadastrar na plataforma, anexar documentos relevantes e elaborar projetos por meio de um formulário personalizado. O sistema permite a criação de orçamentos detalhados e planos de ação, oferecendo uma visão abrangente das iniciativas propostas.

3. Fluxo de seleção e avaliação:  a plataforma possibilita gerenciar o fluxo de seleção, permitindo que as empresas recebam, examinem e avaliem os projetos inscritos de acordo com critérios predefinidos. O processo de avaliação pode ser conduzido através de notas, checklists ou pareceres, garantindo uma abordagem personalizada.

4. Divulgação dos projetos selecionados: a divulgação dos projetos aprovados é feita de maneira transparente, proporcionando fácil acesso ao número e à lista de iniciativas escolhidas.

Se a sua empresa deseja evoluir o apoio a projetos sociais, entre em contato com a gente!